Galo - "Enamorados" - S - Personalizável

Galo - "Enamorados" - S - Personalizável

Ref.: CF-RP-GB - S

Disponibilidade: Em stock

Galo “Lenço dos Namorados”

Esta peça, representa em forma de Galo de Barcelos, a pintura manual do Bordado dos Lenços dos Namorados, pelo nosso artesão, devidamente certificado, desta mesma região, tendo assim, a capacidade ímpar de retratar a nossa sociedade ao longo dos tempos e as tradições que lhe estão subjacentes!

Uma Peça digna de Coleção!

 

Caracteristicas

 
Aproximadamente:
Comprimento
12 cm

CERÂMICA Figurativa de Barcelos


O Figurado de Barcelos é um instrumento da nossa cultura e história, sendo uma forma popular de expressão artística que continua "viva" e se materializa através do barro.

Constituindo um produto artesanal certificado, representa sob diversas formas, figuras vidradas ou pintadas com cor e características únicas.

Peças distintas, que se caracterizam por retratar a sociedade no domínio cultural, religioso, económico e etnográfico.

O Galo de Barcelos é um verdadeiro símbolo nacional, estando relacionado com o caminho de peregrinação português de Santiago de Compostela. Segundo a lenda, em Barcelos procurava-se um criminoso e certo dia, os habitantes acharam que certo galego que por ali passava era suspeito. Apesar do homem se justificar, dizendo que fazia o caminho de Santigo de Compostela, nada lhe valeu e foi condenado à forca. Como seu último pedido, concederam-lhe ir à presença do juiz, que nessa altura se banqueteava com uns amigos e não acreditou mais uma vez na sua inocência. Olhando para um galo assado sobre a mesa, o peregrino afirmou: “É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem.” Entre risos ninguém acreditou, mas também não tocou no galo e quando o homem estava a ser enforcado, o galo assado ergueu-se na mesa e cantou. O juiz apercebendo-se do erro, corre ao local da forca e descobre que o peregrino se salvara graças a um nó mal feito. Logo o solta e o envia em paz. O peregrino volta mais tarde a Barcelos para esculpir o Cruzeiro do Senhor do Galo em louvor à Virgem Maria e a S.Tiago, fazendo este parte do espólio do museu arqueológico desta cidade.
Os Lenços dos Namorados ou Lenços de Pedidos estão relacionados com os Salões Senhoriais dos séculos XVII-XVIII onde jovens educadas, prendadas, bordavam os seus sentimentos, com talento e rigor, na esperança de encantar os jovens amados a quem destinavam os seus dizeres e sentimentos amorosos. Qualquer rapariga em idade de casar, demonstrava os seus conhecimentos de ponto de cruz apreendidos durante a infância e de acordo com a sua imaginação bordava no lenço símbolos de amor, amizade e fidelidade, oferecendo-o ao pretendido. Originalmente, estes lenços eram bordados em linho fino e a ponto cruz, na cor vermelha e preta, simétricos e perfeitos, característica de raparigas de uma classe sociocultural instruída. Na classe social menos instruída também se encontravam estes lenços, contudo com características bem diferentes, bordados em linho, mas também algodão, incluíam quadras com diversos erros ortográficos, pois muitas vezes as raparigas limitavam-se a bordar o que alguém lhes escrevia e por vezes nem tinham aprendido a bordar convenientemente. Símbolos bordados: A pomba e a silva significavam a união no amor, a mão significava o cumprimento e a chave e dois corações juntos representavam a união dos dois. Os lenços dos namorados são característicos da região de Vila Verde, Viana do Castelo, Açores chamado de “maroto” e Alentejo. Há lenços muito sagrados e íntimos que encerram confidências e símbolos próprios bordados pelas respetivas autoras. Atualmente, este tema inspira estilistas e também a pintura em cerâmica.
A Crivart usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. Saber mais