Galo "Luís de Camões" Tempos ... - M

Galo "Luís de Camões" Tempos ... - M

Ref.: CF-C-RP-GLC

24,90€
Disponibilidade Em stock

Galo "Luís de Camões"

"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades"

O Figurado de Barcelos é um instrumento da nossa cultura e história, que continua "viva" e se materializa através do barro.

Esta peça, representando em forma de Galo de Barcelos, o maior poeta português, Luís Vaz de Camões, pintado e vidrado , pelo nosso artesão, devidamente certificado, desta mesma região, tem a capacidade ímpar de retratar a nossa sociedade ao longo dos tempos e as tradições que lhe estão subjacentes, neste caso no domínio cultural.

Uma Peça digna de Coleção!

 

Caracteristicas

Aproximadamente:

Altura Largura
20 cm 13.50 cm

Entregas

Todas as entregas confirmadas pela CRIVART serão entregues na morada especificada pelo cliente nos dados da encomenda.


PRAZOS DE ENTREGA

O prazo previsto de entrega é de 2 a 3 dias úteis para Portugal Continental e de 5 dias úteis para as Regiões Autónomas.

Nota: a previsão dos prazos de entrega é válida após a recepção do pagamento da encomenda.


RECOLHA EM LOJA

Para opção de recolha em loja, será notificado para o agendamento do dia e hora respetivos através do número de telefone ou email, que nos é facultado por si.


ENVIO POR TRANSPORTADORA

As encomendas serão enviadas pela transportadora NACEX, CTT Expresso ou outra transportadora caso o justifique.


CUSTOS DE ENVIO

Portugal Continental - 4.50€


Para mais informações consulte Termos & Condições.

CERÂMICA Figurativa de Barcelos O Figurado de Barcelos é um instrumento da nossa cultura e história, sendo uma forma popular de expressão artística que continua "viva" e se materializa através do barro. Constituindo um produto artesanal certificado, representa sob diversas formas, figuras vidradas ou pintadas com cor e características únicas. Peças distintas, que se caracterizam por retratar a sociedade no domínio cultural, religioso, económico e etnográfico.
O Galo de Barcelos é um verdadeiro símbolo nacional, estando relacionado com o caminho de peregrinação português de Santiago de Compostela. Segundo a lenda, em Barcelos procurava-se um criminoso e certo dia, os habitantes acharam que certo galego que por ali passava era suspeito. Apesar do homem se justificar, dizendo que fazia o caminho de Santigo de Compostela, nada lhe valeu e foi condenado à forca. Como seu último pedido, concederam-lhe ir à presença do juiz, que nessa altura se banqueteava com uns amigos e não acreditou mais uma vez na sua inocência. Olhando para um galo assado sobre a mesa, o peregrino afirmou: “É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem.” Entre risos ninguém acreditou, mas também não tocou no galo e quando o homem estava a ser enforcado, o galo assado ergueu-se na mesa e cantou. O juiz apercebendo-se do erro, corre ao local da forca e descobre que o peregrino se salvara graças a um nó mal feito. Logo o solta e o envia em paz. O peregrino volta mais tarde a Barcelos para esculpir o Cruzeiro do Senhor do Galo em louvor à Virgem Maria e a S.Tiago, fazendo este parte do espólio do museu arqueológico desta cidade.
A Crivart usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. Saber mais